Pieces of Paradise
42.266 notas △▽ compartilhe
Quer um conselho? Não deixe pra depois, não empurre tanta bagunça pra dentro do armário. É tanta coisa que a gente enfia lá dentro, que quando precisamos abrir, tudo cai sobre nossas cabeças de uma só vez.
Sabedorias.
45.652 notas △▽ compartilhe
Daí para não perder, você pede desculpas por um erro que nem foi seu.
Clarice Lispector.
15.479 notas △▽ compartilhe
Eu te amei muito. Nunca disse, como você também não disse, mas acho que você soube. Pena que as grandes e as cucas confusas não saibam amar. Pena também que a gente se envergonhe de dizer, a gente não devia ter vergonha do que é bonito. Penso sempre que um dia a gente vai se encontrar de novo, e que então tudo vai ser mais claro, que não vai mais haver medo nem coisas falsas. Há uma porção de coisas minhas que você não sabe, e que precisaria saber para compreender todas as vezes que fugi de você e voltei e tornei a fugir. São coisas difíceis de serem contadas, mais difíceis talvez de serem compreendidas — se um dia a gente se encontrar de novo, em amor, eu direi delas, caso contrário não será preciso. Essas coisas não pedem resposta nem ressonância alguma em você: eu só queria que você soubesse do muito amor e ternura que eu tinha — e tenho — pra você. Acho que é bom a gente saber que existe desse jeito em alguém, como você existe em mim.
Caio Fernando Abreu.  
2.360 notas △▽ compartilhe
Não, vem cá. Me conta seus medos, qual seu maior defeito? Você nunca vê qualidades em si mesmo. Eu entendo, também não vejo alguma em mim. Ei, volta aqui. Porque tanta pressa? Não tem táxi nesse lugar, ou algum ônibus, qualquer coisa. Só tem eu e você. E eu quero saber, qual seus medos? Qual o problema do coração partido? Já sei, é medo de ser esquecido? Medo da rejeição? Medo de não ser o suficiente? Acredite, eu te entendo. Me sinto assim de vez em sempre, me acostumei com essa vida. Mas podemos mudar isso, você pode. Eu sou a parte ruim, sabe? Eu sou aquela que fuma, que bebe e que visita botecos quase todos os dias da semana. Você protege, ouve a todos, concorda para não decepcionar ninguém. Que vida é esse, Zé? Você está preso a você mesmo. Estranho, digo, chato. Porque isso não é vida, concorda? Sei que pode doer decepcionar alguém, mas e tu Zé? Você de decepciona tanto, mais tanto, que só de olhar em seus olhos podemos perceber. Você não nasceu para amar. Odeio ter que chegar no ponto “amor” mas é a verdade. Olhos tristes, carência, pele pálida, magreza. Exatamente isso, você está deprimido. Mas tudo bem, podemos mudar isso, não? Não. Você não pode mais, muito menos eu. Não nascemos para virarmos isso, Zé. Não nascemos para o amor. Como se tudo já estivesse de cabeça para baixo, como se nada fosse do jeito que imaginamos. Como se estivéssemos presos nisso, e nunca poderemos sair. Porque isso é a vida, silêncio e mais silêncio. Medo de tudo e de todos.
Tabacos.
64.378 notas △▽ compartilhe
O problema é que eu sonho demais e nada acontece.
Slipknot.  
4.343 notas △▽ compartilhe
Prometo estar com você, te dando coragem sempre que precisar, mesmo que nada dê certo no final. Fazendo-te ficar melhor quando se sentir sozinho. Contando os meus mais loucos segredos e planos. Até quando o meu coração não mais aguentar, e parar de bater.
Up, altas aventuras.
20.351 notas △▽ compartilhe
Livros usados, pessoas usadas, flores usadas, amores usados.
Charles Bukowski.